colunista

Joel Feldman

É empresário, secretário de Planejamento, Meio Ambiente e Trabalho e presidente da Associação Baiana de Supermercados. Escreve às segundas.
Final de ano é um bom momento para refletir sobre o que deu certo e o que realmente não funcionou. É também uma boa hora para pensar no futuro e planejá-lo. Em época de véspera de ano novo, a palavra mais adequada, sem dúvidas é a ESPERANÇA. A esperança é o que nos move, é o que nos leva a crer em dias melhores, é o desejo humano de que as coisas melhorem no futuro. Sobretudo,  a crença da esperança é que nos faz enxergar além da realidade numa perspectiva positiva. Se alguém está doente, é a esperança que o faz se aproximar da cura, se está desempregado, a esperança o faz acreditar numa nova possibilidade de emprego, se está desolado por uma perda, é a esperança que o confortará.

Particularmente, acredito que este é um dos sentimentos mais otimistas. Sou uma pessoa otimista e de muita fé. Penso sempre que as coisas podem e devem melhorar, mas temos que trabalhar para isso e fazer a nossa parte.

Quais são os seus planos para o ano de 2017? Ah, você ainda não pensou nisto? Sinto muito em dizer que o seu ano sem planos será igualmente de poucas realizações. Um ano sem planejamento prévio, é igual a um barco a deriva, ele irá para onde o vento soprar. Eu prefiro ajustar as velas e conduzir o ano de acordo com as minhas necessidades de realizações.

“Vida é o que acontece com você enquanto você está ocupado fazendo outros planos”, John Lennon

Finalize o seu ano gastando algumas horas para planejar, pense nas coisas que não conseguiu fazer em 2016, avalie situações que não devem se repetir em 2017. Estabeleça metas claras e objetivas, e principalmente, defina prazos.

A GENTE É VENCEDOR POR OPÇÃO. ESCOLHEMOS O QUE FAZEMOS NA VIDA.

Feliz 2017! Que a esperança nos leve aos melhores dias de nossas vidas.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade