colunista

Lorena Dias

É jornalista e blogueira. É repórter da TV Aratu e escreve para o Mais Região às quartas, a cada duas semanas.
Procrastinar é a ação de deixar para depois o que poderia ser feito neste momento. É o hábito que fez com que eu tentasse cumprir em 2016 as metas que estipulei em 2005. Agora, na última semana do ano, é que bate o peso na consciência. Fiz muita coisa neste ano. Disso eu tenho certeza. Mas será que eu fiz tudo que havia proposto a mim mesma?

A segunda-feira que eu disse que seria o dia de voltar para a academia nunca chegou. Os pedaços cortados do abacaxi ainda aguardam no freezer para serem utilizados na semana de suco detox que ainda não aconteceu. A pilha de livros que ainda não li. Os projetos que não conclui.

Outro dia, passei na frente do curso de inglês e resolvi entrar para me matricular. A recepcionista perguntou em que nível eu havia parado. Não lembrava. Voltei depois com um comprovante. Em 2017 concluo os níveis que faltam para a fluência no idioma, que eu desejo desde antes de ir para a Disney, em 2008.

“Vamos marcar”, digito e envio para a amiga que acaba de me desejar “feliz ano novo” e comentar que há um “tempão” a gente não se vê. Ao lado da lista de metas, prometo a mim mesma, vou escrever na minha agenda o nome de todas as pessoas que preciso encontrar para matar a saudade. Será que vai dar tempo? Faço a lista depois. Agora preciso concluir esse texto. Prioridades.

Antes de começar a escrever esta última coluna do ano, passei dias pensando em qual reflexão poderia trazer aqui. Missão difícil, depois desses 12 meses tão dramáticos em tantos sentidos. Lembrei, então, de uma professora que tive na faculdade que dizia que o importante era fazer o que havia sido proposto, mesmo que as dificuldades impedissem a execução do jeito ideal. 

Então, para esse novo período que se inicia, desejo a todos menos procrastinação e mais determinação. Que a gente pare de estipular dias da semana ou datas especiais para o início dos nossos projetos. Que prossiga, apesar dos obstáculos. E que a gente pare de esperar novos anos para realizar nossas metas. Que tal começar agora?

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade