colunista

Marcus Theófilo

É educador físico, vereador, especialista em exercício físico aplicado a reabilitação cardíaca. Escreve às terças, a cada duas semanas.

A procura do corpo saudável e da vontade de ter um corpo bem definido, a cada dia se torna maior. E a maioria dos que frequenta são adolescentes, especialmente a musculação. Não é condenável a prática da musculação, mas é preciso cautela. Um programa de treinamento resistido (musculação) deve ser feito somente sob orientação profissional.

É preciso supervisão rigorosa durante o treinamento, pois o adolescente quer ficar forte, aumentando por conta própria a carga do exercício ou usando aparelhos indevidos. No entanto, há riscos de lesões que podem prejudicar seu crescimento.

A musculação auxilia o adolescente a ter condicionamento físico, aumentando a massa muscular, melhorando a desempenho para o esporte, entre outros. Os ganhos na densidade mineral óssea de adolescentes é também outro benefício, que isso evita o aparecimento futuro de doenças ósseas, como osteoporose. Mas é indispensável destacar que uma dieta bem elaborada é imprescindível para a saúde e para as demandas energéticas solicitadas na musculação. 

Antes de iniciar os treinamentos, é preciso uma avaliação médica que irá aferir o nível correto de maturação de cada adolescente. A idade certa não existe, o correto é ter um treino certo para cada idade e os objetivos que cada pessoa deseja sendo acompanhada pelo profissional!

#SejaForte

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade