Objeto com 400 metros de diâmetro não apresenta risco de impacto, informa a Nasa (Foto: Reprodução )

Uma asteroide com mais de 400 metros de diâmetro vai passar perto da órbita terrestre nesta quarta-feira, mas, segundo a Nasa, não existem chances de impacto. O 2014 J025, descoberto em maio de 2014, é o maior corpo a se aproximar da Terra desde 2004, e vai cruzar a “apenas” 1,8 milhão de quilômetros de distância, ou 4,6 vezes a distância da Lua.

"Nós sabemos o horário que o objeto vai fazer sua aproximação máxima com precisão de segundos, e a distância é conhecida com margem de quilômetros", disse Davide Farnocchia, matemático no programa Near-Earth Object, da Nasa.

Com a coleta da trajetória de asteroides ao longo de muitos anos, os cientistas agora têm a possibilidade de calcular o caminho seguido pelos objetos com bastante precisão.

A estimativa é que o 2014 J025 tenha entre 400 e 1.200 metros de diâmetro, e sua superfície é duas vezes mais reflexiva que a Lua. Entretanto, ele não será visível a olho nu. Apenas observadores armados com telescópios, mesmo os caseiros, poderão observar sua passagem pelo céu, por uma ou duas noites, a partir desta quarta-feira.

Esta aproximação do 2014 J025 será a maior por pelo menos os próximos 500 anos. Em 2004, o gigante Toutatis, com 5 quilômetros de diâmetro, passou a cerca de 1,6 milhão de quilômetros do nosso planeta. Em 2027, os cálculos indicam que o 1999 AN10, uma rocha com 800 metros de diâmetro, vai passar a apenas 380 mil quilômetros, menos que a distância entre a Terra e a Lua.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade