(Foto: Divulgação)

O deputado federal Luiz Caetano (PT), ex prefeito de Camaçari, foi novamente condenado pela justiça sob a pena de perda dos direitos políticos por cinco anos e pagamento de multa, ainda não definida. Dessa vez, a decisão foi assinada pela da juíza Cynthia de Araújo Lima Lopes da 14ª Vara da Justiça Federal, nesta última quarta-feira (9).

A  juíza Cynthia de Araújo ainda condena o ex-presidente da Limpec , Ivan durão, assim como sua esposa, Silvana Maria Selen Gonçalves, ambos dirigente da Fundação Desenvolvimento Sustentável (Fundese), e a própria entidade,  por lesão ao erário público e violação de princípios da administração pública.

Segundo denúncia do  Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) em 2013, o contrato da fundação ocorreu de forma irregular, sem amparo técnico e fruto de favorecimento pessoal.  A juíza  considerou nocivos ao interesse público o contrato para obras   ferroviárias  em Camaçari.

 O convênio da Fundese  tinha por objetivo a realização de projeto executivo de engenharia para eliminação de pontos de conflitos entre a malha ferroviária e o sistema viário urbano de Camaçari na ligação férrea entre o Polo Petroquímico e o Porto de Aratu. Para o convênio foram liberados R$ 2 milhões pelo DNIT e R$ 105 mil como contrapartida do município. 

O processo cabe recurso.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade