Zenildo dos Santos Júnior foi preso por disseminar os áudios determinando o fechamento do comércio (Foto: Divulgação)

Apontado pela polícia com envolvimento no tráfico de drogas, Zenildo dos Santos Júnior foi preso por disseminar os áudios determinando o fechamento do comércio na cidade de Catu (distante a 73km de Salvador).

Zenildo foi detido por militares da Companhia de Policiamento Especializado (Cipe), que identificaram as mensagens no seu celular.

Segundo a polícia, ele é suspeito de integrar o mesmo grupo de "Marreno", morto durante uma abordagem na Via Parafuso na última quarta, 9. Zenildo encaminhado para a Delegacia Territorial (DT/Catu).

Reforço policial

Após os ataques de quinta, um efetivo de mais 600 policiais militares passará a reforçar a segurança nas ruas da capital baiana e de cidades da região metropolitana (RMS) a partir desta sexta.

A informação foi divulgada, na tarde desta sexta, 11, pelo titular da SSP-BA, Maurício Teles Barbosa, durante reunião com a imprensa.

Ainda segundo Barbosa, a polícia está executando ações para tentar identificar suspeitos dentro e fora dos presídios que seriam responsáveis pelos ataques.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade