Praça Barão Açu da Torre, Centro (Foto: Divulgação/PMSJ)

A prefeitura de Mata de São João, mais uma vez acertou em cheio ao combinar um bom planejamento financeiro e a alta capacidade de arrecadação própria com baixo comprometimento do orçamento com gasto de pessoal.


Atualmente, a gestão fiscal de 94,5% dos municípios da Bahia é difícil ou crítica. A baixa capacidade de geração de receitas próprias, o elevado comprometimento do orçamento com despesa de pessoal e o baixo volume de investimentos são os principais indicadores que influenciam esse resultado.


Mas, o excelente desempenho fiscal colocou Mata na sexta posição no âmbito estadual, nos resultados do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), nesta quinta-feira, 10 de agosto.


Mais de 4mil municípios brasileiros foram avaliados pela Firjan e Mata de São João se destacou, ficando na 158ª posição. O IFGF avalia os dados a partir de informações declaradas pelas prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional, responsável por consolidar e disponibilizar as estatísticas referentes às contas públicas municipais. São avaliados indicadores como Receita Própria, Gastos com Pessoal, Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida, para determinar a nota do IFGF.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade