colunista

Wellington Lázaro

É professor universitário, contador, empresário e assessor técnico na Prefeitura de Mata de São João. Escreve às quintas.

Dessa vez vamos falar sobre HONESTIDADE! Ou melhor: Da sua honestidade!

Já ouviu o jargão: "Fulano, me responda uma coisa, mas seja honesto...", "Cicrano, falando honestamente...". Ora, então não se é honesto o tempo todo? O que significa honestidade?

"Honestidade é a palavra que indica a qualidade de ser verdadeiro: não mentir, não fraudar, não enganar. Quanto à etimologia, a palavra honestidade tem origem no latim honos, que remete para dignidade e honra." Ou seja, falar a verdade, não omitir, não dissimular fazem parte desse significado. "O indivíduo que é honesto repudia a malandragem e a esperteza de querer levar vantagem em tudo".

Ser honesto é obedecer às regras existentes. Algumas ações que para alguns podem ser caracterizadas como legais (no sentido de estar previsto em lei), podem parecer para você imorais. Da mesma forma existem ações que são ilegais, porém, na nossa interpretação individual pode ser moral, ainda que descumpra uma regra. Mas descumprir uma regra não o torna ilegal, e conseguinte desonesto?

Ser honesto é cumprir a lei, ainda que pareça imoral. Ao descumprir a lei e seguir o que acha certo aos próprios olhos, pode lhe dar o título de "espertinho" porém será: DESONESTO! No calor da emoção podemos ser levados a pensar que ações que gerem vantagem, ainda que ilegais, são melhores. A curto prazo podem até parecer melhores, mas se fizer uma análise com calma, sem emoção, verá que a falta de honestidade, no final, irá piorar a situação atual.

Apesar de contrariar o seu significado real, e esquecer a maior riqueza intrínseca que essa palavra representa, na atualidade, ser honesto é: ser idiota, imbecil, medíocre, incompetente, medroso, e etc. Por isso insisto em perguntar: dá pra ser honesto nos dias de hoje? Responda ao questionário abaixo, e vamos tirar as conclusões:

1.       Você já mentiu alguma vez, ou foi omisso, para não desagradar uma pessoa que conviva com você (colega de trabalho, família ou até seu chefe)?

2.       Você já furou a fila de algum lugar alguma vez?

3.       Declara o imposto de renda de forma correta? Paga seus impostos corretamente?

4.       Já recebeu alguma vantagem, de forma escondida ou não, ainda que não danosa, porém, ilegal?

5.       já deu algum jeitinho ou opinou por uma idéia ilegal, a fim de ajudar alguém, ainda que ao fazer tal ato, por lei, mesma com boa fé, seja considerada ilegal?

Se ao responder esse questionário, você receber algum "SIM", me desculpe, você não é 100% honesto. A busca pela honestidade deve ser constante. Não existe a expressão "estar honesto". Ou se É ou NÃO. Não existe meio termo. Ser honesto é buscar em todas as ações ser correto, ainda que: seu time não ganhe! Sua idéia não prevaleça, apesar de ser boa mas como fere a lei não pode ser adotada! Você perca vantagens de sair na frente de seu concorrente!

E AS PESSOAS QUE CONVIVEM AO SEU REDOR, ESTÃO SENDO HONESTAS CONTIGO? SE TIVER FILHO, PREFERE QUE ELE SEJA HONESTO OU ESPERTO? Pense Nisso! Se quiser opinar, criticar, sugerir, fique à vontade! Aproveito para convidá-lo a sugerir o próximo artigo!  

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade