A decisão judicial proíbe a categoria realizar consultas na qual oferece ao paciente diagnóstico de doenças e a prescrição de exames (Foto: Divulgação )

Vestindo preto, um grupo de enfermeiras de Dias d'Ávila, realizaram no início da manhã desta terça-feira (10), uma manifestação em repúdio a decisão da 20ª Vara da Justiça Federal de Brasília. O ato aconteceu na Praça ACM, centro da cidade.

De acordo com a enfermeiras que participaram do ato, a categoria é contra a decisão judicial proíbe a categoria realizar consultas na qual oferece ao paciente diagnóstico de doenças e a prescrição de exames, bem como o encaminhamento para outros profissionais ou serviços. 

Na última quinta-feira (5), os profissionais que atuam no município foram recebidos pelo secretário Municipal de Saúde, Caio Clécio Cardoso, para tratar sobre o assunto. "Nos solidarizamos com a categoria e faremos o possível para evitar descontinuidade do cuidado prestado por estes renomados profissionais", destaca o gestor da pasta.

"Estamos preocupados com a liminar, pois a manutenção desta compromete a continuidade de vários serviços ofertados pela categoria no âmbito da atenção básica", complementa o secretário.

Veja mais AQUI 

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade