Fotografar comida virou coisa séria - para os restaurantes, pelo menos (Foto: Divulgação )

Após seu lançamento, em 2010 para iOS e 2012 para Android, o Instagram se mostrou uma ferramenta fantástica para quem deseja compartilhar sua visão de mundo por meio de fotos que podem ser “incrementadas” com uma infinidade de filtros de imagem e outras regulagens que o usuário pode fazer para deixar suas fotografias do jeito que preferir.

O que ninguém imaginava é que o aplicativo teria tanta influência na “vida real” das pessoas. Sua popularidade o tornou palco para a exposição de produtos e serviços dos mais variados que contavam com seu potencial de viralizar nas redes e isso trazer frutos tangíveis, como aumento no número de compradores ou clientes e na fama daquele negócio.

Entre muitas áreas possíveis de exposição no Instagram, a da gastronomia é uma das que mais ganhou destaque, justamente quando a tal da moda de tirar foto de comida para compartilhar com os amigos – e mais ainda, o mundo – dominou a plataforma. Tem gente que odeia isso e tem quem adore, mas, independentemente do gosto, uma coisa não podemos negar: exposição no Instagram dá fama, que traz clientes, que geram dinheiro.

Para agradar as lentes

O peso do Instagram se tornou tamanho para os restaurantes e outros estabelecimentos que comercializam alimentos que existem designers especializados em criar ambientes e decorá-los pensando especificamente em como eles vão parecer na plataforma de fotografias. O ambiente todo traz a iluminação exata e a decoração traz elementos que são realçados na rede social, além de chamar atenção dos clientes e ter alto potencial de viralizar.

É claro que o visual de um restaurante é uma preocupação de seus donos em muitos casos há muito tempo, mesmo na era pré-internet. A diferença é que, anteriormente, a aparência de um estabelecimento levava em conta a experiência do cliente ali, na hora, na “vida real”.

Elementos eram pensados para passar uma sensação complementar ao consumidor além da experiência gastronômica. Isso vai desde a decoração do ambiente até itens como pratos, talheres, copos, guardanapos, bolachas de chope e muito mais.

A diferença é que agora o foco é a aparência em fotos, especificamente aquelas que podem ser compartilhadas entre milhões de pessoas por meio das famosas hashtags do Instagram. Existem até locais que são montados já tendo em mente o efeito que os filtros da plataforma vão ter nas fotos tiradas lá.


Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade