Gabriel Jesus comemora seu primeiro gol contra os chilenos (Foto: Divulgação )

O Brasil respeitou sua história. Nada de fazer jogo mole. Em São Paulo, nesta terça(10), a Seleção Brasileira bateu o Chile por 3x0 e terminou com chave de ouro as Eliminatórias Sul-Americanas. Para os chilenos, restará ver a Copa pela TV.

O primeiro lance de perigo foi dos visitantes. Vargas se antecipou à marcação e cabeceou com perigo. O Brasil respondeu com renato Augusto, de fora da área, em chute com muito veneno que tirou tinta do travessão de Bravo.
A Seleção, indiferente a quaisquer situações de rivais, jogava sério. E muito sério. Aos 15, a chance foi melhor ainda. Gabriel Jesus deixou Neymar de cara. O camisa 10 bateu de canhota, por baixo de Bravo, que salvou.

Depois dessa chance, o jogo esfriou. O Chile tentava usando a bola aérea em escanteio, que nunca foi seu forte, e o Brasil abusava um pouco da troca de passes. Aos 30, de longe, Neymar experimentou e a bola passou com algum perigo por cima do gol chileno.

Aos 38, a equipe brasileira teve outra ótima oportunidade para abrir o placar. Renato Augusto cruzou da esquerda, Gabriel Jesus subiu sozinho mas cabeceou em cima de Bravo.

Gols 


Se a Argentina fazia sua parte em Quito (ver págs. 30 e 31), o drama chileno começou aos 9 minutos do 2º tempo. Daniel Alves bateu falta com veneno, Bravo soltou e Paulinho fez 1x0. De classificado, os chilenos passavam a ficar na repescagem. Só que dois minutos depois, Coutinho deu lançamento primoroso para Neymar, que tocou pra Jesus, sem goleiro, só empurrar pro gol. 

Fora da Copa naquele momento, o Chile ficou nervoso e o jogo ficou quente. Nem o gol da Colômbia contra o Peru, que colocou La Roja de volta na repescagem, alivou a carga. 

Tentando marcar, ao menos, um gol, o Chile colocou mais dois atacantes em campo e partiu pra cima, deixando brechas no contra-ataque. Num deles, Neymar bateu cruzado, mas a bola ficou na rede pelo lado de fora. No desespero, já que o Peru empatara, até o goleiro Bravo foi pra área aos 47. Deu errado. No rebote, Gabriel Jesus recebou lançamento, saiu sozinho e, sem goleiro, fez 3x0. Para o Chile restou o choro de ficar de fora da Copa. 

Nos outros jogos, a Argentina saiu atrás do Equador com um gol a menos de um minuto. MAs Messi msotrou porque é de outro planeta, fez três e colocou seu país na Copa. No Uruguai, a Celeste também começou perdendo mas, sem muita dificuldade, fez 4x2 na Bolívia. No jogo mais tenso da rodada, Peru e Colômbia ficaram no 1x1. Os colombianos se classificaram e os peruanos jogarão a repescagem contra a Nova Zelândia. 

Caminho 


Agora, a Seleção só volta a campo em 10 de novembro, em amistoso contra o Japão, na França. Quatro dias depois, a equipe enfrenta a Inglaterra, em Londres. Em 2018, no dia 22 ou 23 de março, os comandados de Tite enfrentam a Rússia, em Moscou.

Quatro dias depois, Brasil e Alemanha voltam a se encontrar depois do fatídico 7x1 na Copa de 2014. A partida acontecerá em Berlim e será a última antes da lista final para o Mundial. Antes da bola rolar para a Copa, a Seleção ainda deve fazer mais um amistoso.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade