colunista

Maryane Meira

É jornalista do Mais Região, cerimonialista e assessora de noivas. Escreve às quintas, a cada duas semanas.
Publicada em 26/10/2017 11:21 - Atualizada em 26/10/2017 12:40

Diga Sim!

Maryane Meira
Compartilhe
"Descobri que estou noiva após um inesperado pedido de casamento do meu namorado. Será que consigo planejar minha cerimônia dentro de seis meses?"
 
No meu primeiro texto, estreando a coluna, me pautei na referida pergunta, feita pela minha primeira cliente, após descobrir minha aptidão para o ramo de casamentos (tema para os próximos textos).
 
Ao me tornar assessora de casamentos e cerimonialista de papel passado, ou melhor, certificada, percebi que auxiliar os noivos na entrada do cortejo seria apenas uma das mil e uma tarefas dessa incrível profissão. O primeiro passo seria justamente responder a questão acima, com toda sinceridade do mundo.
 
E aí foi a resposta: conseguiremos! Óbvio que o trabalho seria árduo, mas não seria impossível realizar, contanto que começássemos a planejar naquele exato momento, a partir dos anseios dos noivos e da realidade orçamentária do casal.
 
Orçamento. Tá aí, uma coisa que não pensei em escrever logo na minha estreia aqui. Porém, em se tratando de planejamento de casamento, definir o orçamento disponível é o ponto de partida pra tudo. Qual o limite financeiro para a realização do seu casamento? Vamos trabalhar com base nesta resposta!
 
Promover uma celebração matrimonial ou qualquer outro evento requer dos anfitriões organização para que não haja espaço para indecisões. Então noivas, digam SIM ao planejamento e mãos à obra!
 
 
1º passo
A primeira coisa a se fazer é definir a data e local onde o casal prefere realizar a cerimônia e/ou a festa (recepção). O importante é definir os espaços pensando na mobilidade dos convidados. 
 
2º passo
Com a data definida, monte um cronograma de atividades com ajuda de uma assessora e liste os serviços que serão imprescindíveis para a concretização do sonho. Ex: Buffet, decoração, fotografia, filmagem, banda, entre outros.
 
3º passo
Crie uma lista de convidados. Contudo, muita atenção: quanto maior for a lista, mais gastos e, como falei no início da leitura, temos que trabalhar dentro das possibilidades financeiras do casal. Então, limite-se apenas a pessoas próximas. Construa a lista de convidados junto com seu noivo ou noiva. Com um mês de antecedência solicite da assessora a confirmação de presença (RSVP).
 
4º passo
Vestido de noiva. Tópico não menos importante, mas precisava de um tempo para mencioná-lo pois essa é uma das etapas mais emocionantes! Quando a noiva inicia os preparativos para o casamento, um dos primeiros itens a se pensar é o vestido. Escrevo isso porque fui noiva um dia e sei o que se passa na mente de uma durante essa fase. São tantos modelos, tecidos e tendências que não tem ponto final para este tópico. Porém, vamos nos ater em garimpar um vestido que identifique o estilo e a personalidade da noiva e claro, o estilo do casamento. Não há regras para o vestido de noiva, apenas respeite os dois conselhos acima! Ahhhh ... e não esqueça de ir acompanhada da sua assessora, é claro!
 
5º passo
Planeje seu dia de noiva e descanse completamente. Asseguro que uma competente assessora dará todo o direcionamento ao casal e, no dia, cuidará da execução dos serviços, além de resolver os imprevistos para que a noiva não se preocupe com nada! 
 
Gostou das dicas? Me acompanhe no Instagram: @marycerimonialista
Tá com dúvidas? Escreve pra mim: [email protected]
 
Até a próxima quinta!
 

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade