Douglas assinou com o tricolor por três anos (Foto: EC Bahia)

Diferentemente das outras posições, o goleiro geralmente tem um tempo maior para atingir a maturidade no futebol. Existem exceções como o próprio Jean, que com apenas 22 anos foi titular do Bahia na Série A, ano passado. Douglas, o mais novo candidato a “paredão tricolor”, já tem 29 anos. Ou apenas 29 anos? Depende do ponto de vista.

“Sua visão é teórica. Na teoria é essa, que o atleta se revele com potencial de chegar em um grande clube mais cedo. Mas a vida do atleta é construída durante as temporadas. Nunca tive uma grande oportunidade. Faz três anos que saí da minha cidade natal. E toda oportunidade que recebi eu fiz desses lugares um tijolo a mais na construção do homem que sou hoje. O mais importante é que hoje estou no auge como homem e profissional”, garante o novo reforço, que nasceu em Candelária, no Rio Grande do Sul.

Na temporada passada, Douglas foi um dos destaques do Avaí no Campeonato Brasileiro, mesmo como o rebaixamento do time catarinense. Ele se destacou principalmente pela quantidade de defesas difíceis.

“Muito feliz por essa temporada que se passou e por chegar ao Bahia. Que este ano de 2018 o time venha colher frutos e continuar com o trabalho que já vem sendo feito no Bahia. Estou me sentindo muito bem aqui, fui muito bem recebido por todos”. Responsável por substituir Jean, negociado com o São Paulo, Douglas espera ter o mesmo sucesso dele e de outros goleiros que passaram pelo Fazendão.  

“Jean fez grande história no Bahia. Penso que é interessante essa história, que ele começou com dificuldade e superou. Méritos dele. Fico feliz de chegar no Bahia, que não tem só o Jean, mas outros goleiros que tiveram história bacana. Chego para construir minha história e fazer o Bahia um time forte dentro de campo”.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade