Rondas da PM estão passando nos circuitos (Foto: Divulgação )

Vinícius da Conceição Costa, 19 anos, foi preso em flagrante na rua Marquês de Leão, no Circuito da Barra, após agredir a companheira com socos e pontapés. O caso aconteceu no domingo (10), mas foi divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA) nesta segunda-feira (12).

De acordo com a capitã da unidade da Ronda Maria da Penha que encaminhou o agressor até a Central de Flagrantes, Paula Queiros, a vítima ainda caiu e bateu a cabeça no chão. "Ela foi socorrida por populares para a o posto de saúde, e foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE). O agressor foi preso em flagrante por uma patrulha da PM, explicou Queiros.

No sábado,  Marcio Borges da Silva, 31 anos, foi detido no circuito Batatinha logo após agredir a mulher, Daniela Gomes da Silva, que foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para um posto médico próximo. Marcio foi encaminhado para a Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam) onde foi autuado em flagrante por lesão corporal e violência doméstica.

Ronda Maria da Penha
Neste Carnaval a Ronda Maria da Penha, que foi criada para garantir a segurança de mulheres que possuem medidas protetivas determinadas pela Justiça, está com uma campanha de sensibilização para policiais militares, civis, comerciantes e foliões sobre os aspectos da lei que dá nome à ronda.

De acordo com a major Denice Santiago, comandante da unidade, os policiais em atividade no Carnaval também recebem informações sobre a nova lei de estupro e de como atender vítimas de violência sexual. 

O efetivo da Ronda atua neste Carnaval durante 24 horas nos três circuitos da festa: Batatinha (Unidade Móvel / em frente a Câmera de Vereadores), Osmar (No Posto de Reunião de Tropa / Estacionamento São Raimundo) e Dodô (No Instituo Pestalozzi / Ondina).

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade