Uma das agências que foi explodida (Foto: Reprodução )

Dois homens suspeitos de integrarem o grupo de ao menos 15 bandidos que explodiram caixas eletrônicos das agências dos bancos Bradesco e do Brasil em Macarani, sudoeste da Bahia, foram presos pela polícia na madrugada desta terça-feira (13).

Um deles foi localizado em um veículo próximo a Barro Preto, no sul do Estado, enquanto tentavam fugir e o outro numa estrada próxima a Caatiba, no Sudoeste. Eles não resistiram ao cerco policial a acabaram se entregando.

A Polícia Militar, que efetuou a prisão, informou que eles foram levados para a Delegacia de Itapetinga, responsável pelas investigações do crime, ocorrido na madrugada de segunda-feira (12).

Na ação, os bandidos armados com revólveres e escopetas estavam em caminhonetes e usaram dinamites para explodir as agências. O valor levado pelo bando não foi divulgado. Devido ao feriado de Carnaval, a cidade de Maracani (17 mil habitantes) estava praticamente vazia. Não houve feridos na ação.  

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade