Danilinho enfrentou o Vitória no Barradão, na abertura do Campeonato Baiano (Foto: Reprodução )

O futebol, em especial o baiano, está de luto. O meia Danilinho, de 32 anos, sofreu um infarto durante o treino da Juazeirense, nesta terça-feira (13), em Juazeiro, e morreu. O jogador foi encaminhado para o Hospital Memorial, na vizinha Petrolina (PE), mas não resistiu e faleceu por volta das 17h30.

De acordo com a assessoria de comunicação da Juazeirense, Danilinho estava sentado à beira do campo, observando o treino, no momento em que sofreu um mal súbito. Ele deixa um filho de 10 anos. 

Danilo Caçador, o Danilinho, foi contratado pela Juazeirense em novembro do ano passado. É paulista de Bauru e passou por Chapecoense, Figueirense, Atlético Goianiense, Cuiabá, Itumbiara e Icasa, entre outros. No ano passado, jogou a Série C pelo Remo.

Ele só entrou em campo uma vez com a camisa do Cancão, na estreia do Campeonato Baiano, contra o Vitória, no Barradão. Era o camisa 10 e jogou por 61 minutos no empate de 2x2. Contra Jacobina e Jacuipense, ficou no banco de reservas.

Atual líder do estadual, a Juazeirense vai disputar a Série C do Brasileirão pela primeira nesta temporada, a partir de abril. Apesar do crescimento em campo, o clube ainda carece de estrutura. O Cancão de Fogo não possui, por exemplo, um aparelho desfibrilador para ser utilizado nos treinos - algo que times como Bahia e Vitória possuem e que pode ser fundamental nos primeiros socorros em casos de arritmias. No Brasil, o desfibrilador é item obrigatório durante os jogos de futebol profissional, mas não em treinos.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade