As atrizes e amigas Drica Moraes, Lorena da Silva, Ângela Rabello e Solange Badim (Foto: Reprodução )
A obsessão pela eterna juventude é o tema da peça Lifting, em cartaz nesse final de semana no teatro Jorge Amado, pelo projeto Catálogo Brasileiro de Teatro. Baseado no texto do espanhol Felix Sabroso e direção de Cesar Augusto, a peça traz as atrizes Drica Moraes, Lorena da Silva, Angela Rebello e Solange Badim, que interpretam várias personagens em cenas rápidas, com direito a coreografias e performances musicais, numa linguagem cênica muito próxima dos cabarés e do besteirol dos anos 80. 

“Eu estava com muita vontade de fazer teatro, especialmente a comédia, porque tinha vindo de uma série de trabalhos com muita carga dramática, então, encontrei com Ângela, que apresentou o texto de Félix, que não conhecia, e decidimos levar a ideia aos palcos”, diz Drica Moraes. 

A atriz ressalta ainda que as discussões sobre os padrões de beleza e juventude já haviam sido abordados na série A Fórmula, protagonizada por ela, e que foi justamente durante as gravações que a proposta se fortaleceu. “Depois foi só reunir esse elenco de amigas e preparar esse espetáculo que fala dessa sociedade adoentada, mas com muita leveza e agilidade”, pontua. 

Em uma hora de espetáculo, as atrizes apresentam 18 quadros na forma de esquetes. No final, a peça ressalta o fato de que as mulheres não precisam aceitar o lugar de desespero por não poder envelhecer. “Não fazemos críticas, compartilhamos essas reflexões de que estamos num momento de transformação e que não precisamos aceitar esses padrões impostos de beleza e juventude”, diz.  

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade