A distribuição do medicamento no nordeste é um importante passo rumo à produção de insulinas (Foto: Reprodução )

Esta semana a Bahia recebeu o primeiro lote de insulina, que passa a ser fornecido pela Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma), em parceria com o laboratório ucraniano Indar.

A distribuição do medicamento no nordeste é um importante passo rumo à produção de insulinas, que acontecerá em breve, com a construção de uma fábrica de insulinas em Dias d’Ávila -  cujas obras estão previstas para iniciarem no segundo semestre deste ano. A fábrica será a primeira de imunobiológicos na regão.

A Unidade Baiana fabricará medicamentos que são utilizados no tratamento da diabetes e atenderá 50% da demanda do Ministério da Saúde para as insulinas de maior uso no país – a Regular (R) e a de ação prolongada (NPH).

A fábrica de Dias d’Ávila irá abastecer hospitais, postos de saúde, Unidades de Pronto Atendimento e outros estabelecimentos públicos de saúde.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade