Deputado Federal João Gualberto (PSDB) (Foto: Arquivo/Mais Região)

O deputado federal João Gualberto (PSDB) fez uma publicação em suas redes sociais, na última semana, sobre a proposta de reduzir o número de deputados e senadores no poder legislativo. O tucano colocou a matéria em discussão na Câmara Federal. 

O projeto é uma Lei Complementar 514/2018, que visa diminuir os gastos com os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. A iniciativa também faz parte de uma das propostas do partido PSDB.

De acordo com Gualberto, um dos objetivos do projeto é oferecer resultados significativos para a economia do país, com a redução de gastos do dinheiro público. ‘’O pacote sugere que a câmara passe a ter 395 parlamentares, o que já representa uma economia de mais de 1,3 bilhão em 4 anos. E isso só com a redução do número de deputados. Imaginem então quanto economizamos se cortarmos todos os excessos do orçamento da Câmara e Executivo‘’, pontuou. 

Atualmente o plenário é composto por 513 deputados (federais e estaduais) e 81 senadores, totalizando um número de 594 parlamentares. Com a aprovação da lei, a casa terá uma redução de 199 edis.

O parlamentar também recebeu apoio e questionamentos na postagem do seu Instagram. "E o repasse constitucional para o Legislativo também vai diminuir?? Pelo jeito não, pois para alterar a constituição só com a PEC", indagou um seguidor.


Confira a publicação na íntegra: 

Reduzir o número de deputados na Câmara Federal foi a proposta que fiz no Projeto de Lei Complementar 514/2018 que está em tramitação e que começa a ecoar com a excelente iniciativa do PSDB de apresentar um conjunto de propostas para reduzir gastos nos três Poderes. O pacote sugere que a Câmara passe a ter 395 parlamentares, o que já representaria uma economia de mais de 1,3 bilhão em 4 anos. E isso só com a redução do número de deputados. Imaginem então quanto economizaríamos se cortarmos todos os excessos do orçamento da Câmara e do Executivo.

Uma publicação compartilhada por João Gualberto Vasconcelos (@joaogualbertooficial) em

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade