Agnaldo de Lulu (DEM) e Joel Feldman. (Foto: Arquivo Mais Região )

O presidente da Câmara de Mata de São João, Agnaldo de Lulu (DEM), foi parar na delegacia após um bate-boca com o secretário de Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Joel Feldman. O caso aconteceu na noite desta quarta-feira (20), na Praça Açu da Torre, centro da cidade. 

A troca de ofensas foi motivada após um projeto de Lei, que daria o nome da ex-vereadora Eliaides, sogra falecida de Feldman, à nova creche do Entroncamento não ter sido colocado na pauta da sessão desta terça-feira (19) para votação

Por volta das 19h15, os dois se encontraram por acaso na porta de uma lanchonete e trocaram farpas. Agnaldo chegou ao local se referindo a Joel como 'moleque'. O secretário e o presidente foram contidos por amigos em comum que estavam no local e por pouco não foram a vias de fato.  

Na ocorrência registrada na delegacia (foto abaixo), Agnaldo afirmou ter sido chamado primeiro de 'moleque' por Joel Feldman durante uma conversa por telefone pela manhã. O chefe do Legislativo relatou à polícia ainda que o secretário 'disse a ele que iria no veiculo pegar uma arma e que ele iria ver'.

A delegacia marcou audiência para o dia 27 de junho, às 10h, para ouvir os relatos dos dois. 

null

A vice-prefeita Lulu (DEM) e os vereadores Pastor Sandro (PRB), Tiago de Zezo (PT) e Sergio Bogoió (PSD) estiveram na delegacia logo após o ocorrido. 







Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade