ACM Neto prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM (Foto: Divulgação)
O prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, afirmou em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo que o desempenho de Geraldo Alckmin (PSDB) no primeiro turno das eleições presidenciais foi um “desastre eleitoral”. Para o prefeito, que apoia Jair Bolsonaro (PSL)  no segundo turno, a maior parte da culpa é do próprio  PSDB. “É preciso destacar a falta de compromisso dos aliados, a começar pelos próprios tucanos. Na medida em que os próprios tucanos não davam exemplo, era difícil cobrar dos outros”, afirmou.

ACM Neto acredita que Bolsonaro não representa um risco para a democracia do país. “Penso que hoje as nossas instituições são muito mais fortes do que as pessoas. Prova disso foram os últimos quatro anos. Se a democracia tinha que passar por um teste, passou. Resistiu ao impeachment de uma presidente eleita com o respaldo  popular. Resistiu a duas votações de admissibilidade de denúncia contra um presidente. Nada disso foi capaz de abalar a força do Judiciário, do Ministério Público, a liberdade de imprensa”, afirmou.

Na entrevista,  o prefeito salientou ainda que o  candidato Jair Bolsonaro tem se mostrado muito melhor do que o deputado Jair Bolsonaro. “Mais maduro, evoluído, moderado.Qual é a minha esperança? É a de que, uma vez eleito, ele tenha a exata noção da responsabilidade que lhe aguarda. E do peso que isso vai significar em suas costas. E aí sim, ele tenha uma postura de construir uma união nacional. Não tem outro caminho”.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade