Esse tipo de monetização deve ser o modo primário de fazer dinheiro com o WhatsApp (Foto: Reprodução )

Há certo tempo, o WhatsApp adotou uma funcionalidade inspirada no Snapchat, assim como vários outros produtos do Facebook, entre eles o Instagram e o Messenger. São os famosos Stories, onde gravamos vídeos curtos ou postamos fotos que ficam no ar apenas temporariamente para seus seguidores verem. Em algumas plataformas, a ferramenta colou muito bem, em outras nem tanto, mas sempre há algo de novo que se pode fazer nesses casos.

Segundo contou o vice-presidente do WhatsApp Chris Daniels, a barra Status do WhatsApp, onde os Stories são veiculados, vai passar a conter vídeos e imagens de publicidade para tirar do papel os planos de monetização do app citados por Mark Zuckerberg ainda em setembro. De acordo com a empresa, cerca de 450 milhões de usuários acessam a seção de Status do WhatsApp diariamente.

Para fazer um troquinho

Esse tipo de monetização deve ser o modo primário de fazer dinheiro com o WhatsApp. Nele, empresas e negócios de vários tipos vão poder anunciar produtos, promoções e serviços de uma maneira nova e, assim, “alcançar os consumidores” através do app – seja lá o que isso queira dizer. Será que vamos receber mensagens de spam? Isso, certamente, seria irritante.

Ainda não se sabe quando as propagandas publicitárias vão começar a pintar no Status do WhatsApp, mas tudo indica que isso deve acontecer primeiramente nas versões para o sistema iOS. Depois, smartphones com Android também vão receber o recurso.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade