João Burse comandará o Vitória nas seis rodadas finais do Brasileirão (Foto: Maurícia da Matta / ECVitória)

Nada de perder tempo. Treinador do Vitória nas últimas seis rodadas do Campeonato Brasileiro, após a demissão de Paulo Cézar Carpegiani, João Burse começou a dar cara ao time que pretende mandar a campo no Ba-Vi de domingo (11), às 16h, no Barradão. Na manhã desta quarta-feira (7), ele realizou um coletivo no palco do clássico e esboçou a equipe com quatro mudanças.

Jeferson, Lucas Ribeiro, Willian Farias e Yago são as novidades com relação à equipe que empatou em 1x1 com o Paraná, em Curitiba, no último domingo (4), ainda sob comando de Carpegiani.

Jeferson reassume a lateral direita após se recuperar de uma contusão na coxa. Ele finalizou a transição para o campo na terça-feira (6) e treinou normalmente nesta quarta-feira com o grupo. O zagueiro Lucas Ribeiro retorna de suspensão e formará dupla de zaga com Ramon, que jogou improvisado na direita contra o Paraná. Titulares na rodada passada, os zagueiros Aderllan e Ruan Renato estão suspensos porque levaram o terceiro cartão amarelo, assim como o meia Rhayner, expulso.

As outras duas mudanças foram por opção de João Burse. Com Willian Farias de volta aos titulares, Rodrigo Andrade treinou entre os reservas. Erick também foi sacado para a entrada de Yago, posicionado aberto na ponta esquerda.

No decorrer da atividade, o novo treinador fez mudanças. As principais delas foram Neílton no lugar de Yago e Erick na função de Lucas Fernandes. Após experimentar outras opções, João Burse armou o time novamente com a formação inicial. 

O time reserva iniciou com Lucas, Aderllan, Bruno Bispo e Fabiano; Meli, Fillipe Soutto e Rodrigo Andrade; Neilton, Erick e André Lima. O centroavante, que voltou a treinar terça-feira e participou também do trabalho desta quarta, está à disposição para o Ba-Vi.

Yago não é titular do Vitória há mais de um mês. A última vez foi no dia 5 de outubro, quando o rubro-negro perdeu para o Santos por 1x0, no Barradão, na 28ª rodada. Na ocasião, ele foi sacado no intervalo do jogo e só voltou a entrar em campo no decorrer do empate com o Paraná, no último domingo. Com Carpegiani, o meia jogou nove partidas, sendo sete como titular.

Terceira vez
O Ba-Vi será a terceira partida de João Burse como técnico do Vitória. Em agosto, ele assumiu interinamente entre a demissão de Vagner Mancini e a contratação de Paulo Cézar Carpegiani. Comandou o time no empate de 1x1 com o Cruzeiro, em casa, e na derrota por 4x0 para o Grêmio, fora.

Se ainda não conseguiu vencer uma partida com o time principal, foi o sucesso com a equipe sub-23 do Vitória que levou Burse à posição atual. O rubro-negro está na semifinal do Brasileiro de Aspirantes e muito perto da decisão: fará o jogo de volta contra o Internacional quinta-feira (8), às 16h, no Barradão, após ter vencido por 2x1 em Porto Alegre. O São Paulo já está na final, após ter eliminado o Coritiba na outra semifinal.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade