Ele chegou a ser preso em agosto, mas conseguiu liminar para não ficar na cadeia (Foto: Divulgação)
Dado Dolabella teve um pedido de habeas corpus negado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) e pode ser preso novamente, desta vez por injúria contra Viviane Sarahyba, sua ex-mulher, referente a um processo de 2011 por ter xingado e arranhado o carro dela com palavras ofensivas em dezembro de 2010 

O ator foi condenado no 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, zona oeste do Rio, a um mês e 10 dias, em regime inicialmente aberto, sendo a pena de reclusão convertida em prestação de serviços

Como não cumpriu seus deveres, Dado teve revogada a sursis (suspensão condicional da execução da pena) - benefício que visa reeducar criminosos, impedindo que sejam privados da liberdade - e foi determinado o mandado de prisão contra ele.

A defesa de Dado alega que ele não pode cumprir a pena porque estava preso, em regime fechado, pelo não-pagamento de pensão alimentícia a um dos seus filhos

Por motivos totalmente alheios a vontade dele, não teve como cumprir integralmente com suas obrigações, especialmente em razão do cumprimento de 60 dias de prisão civil por não-pagamento de alimentos, fato fartamente divulgado na mídia", diz a defesa de Dado no pedido de habeas corpus.

Com a decisão, Dado pode ser preso novamente, mas há um detalhe. No Rio, não há unidade prisional onde ele possa apenas dormir, por isso ele provavelmente será encaminhado para prisão domiciliar

"Se é regime aberto ele não pode ficar em regime fechado, vai ter que ser colocado em regime domiciliar. Pode acontecer a qualquer momento, estamos estudando quais medidas vamos tomar e será o mais breve possível", disse Daniel Brandão,advogado do ator.

Segundo o defensor, o ator está péssimo porque quer voltar a trabalhar. "Ele não consegue trabalhar, não tem como retomar a vida. É cantor e ator, trabalhou a vida inteira. Ele é uma pessoa diferente da que era quando ocorreram esses fatos. Está sofrendo as consequências dos atos passados".

 A defesa do artista diz ainda que o cliente não representa riscos para a sociedade e nem para as mães dos seus filhos e que a medida decretada, além de prejudicá-lo ainda mais na busca e execução de seus trabalhos, promoverá o agravamento de "sua já destruída reputação".

Dado já foi preso em 2018 

Dado Dolabella foi solto no dia 6 de abril da carceragem do 33º Distrito Policial (DP) de São Paulo, em Pirituba (Zona Norte), onde estava desde 5 de fevereiro pelo não pagamento de pensão alimentícia a um dos seus filhos.

 Ele já havia sido preso em agosto, mas conseguiu uma liminar para não ficar na cadeia.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade