Nas duas cidades, mais de 80% do eleitorado foi biometrizado (Foto: Agência Mais Região )

Os municípios de Mata de São João e Itanagra, pertencentes a 185ª Zona Eleitoral, concluíram a revisão biométrica extraordinária na última sexta-feira (30).  A convocação teve início no dia 5 de novembro. Nas duas cidades, mais de 80% do eleitorado foi biometrizado.

O número de eleitores em Mata de São João é de 39.709. Desses, 34.469 (86,80%) cadastraram suas digitais. No município de Itanagra, o número de eleitores é de 5.582. Desses, 5.020 (89,93%) passaram pela identificação biométrica. 

“O resultado positivo deu-se em razão do comprometimento de todos os integrantes do processo: presidência, juiz eleitoral, equipe do cartório, Prefeitura, Câmara e servidores”, afirmou o chefe de cartório de Mata de São João, Samuel Rocha.

Terminada a fase da revisão, o processo será encaminhado, pelo juiz eleitoral ao Ministério Público Eleitoral. Após a análise do MPE, retorna ao Cartório e, em seguida, será enviado à Corte do TRE-BA. A partir da homologação, ficam oficialmente cancelados os títulos dos eleitores que não compareceram aos cartórios eleitorais para fazer a identificação biométrica.

Irregulares

O eleitor que não conseguiu realizar a biometria dentro do prazo deverá regularizar sua situação junto à Justiça Eleitoral. Para isso, a recomendação do Tribunal baiano é a de que essas pessoas compareçam ao cartório da cidade o quanto antes.

Os postos instalados em Praia do Forte e Itanagra serão desativados. Dessa maneira, a regularização deverá ser feita apenas no Cartório Eleitoral de Mata de São João, localizado na Rua Quintino Bocaiúva, 110, Centro. Mais informações podem ser obtidas por meio do número (71) 3635-1107.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade