Pesquisa feita pela própria Netflix, revela que as emissoras tradicionais estão ficando com medo da concorrência. (Foto: )

Nos últimos anos desde que a Netflix tornou-se uma das lideres de mercado no segmento de entretenimento por streaming, a forma como nós passamos a consumir esse tipo de conteúdo vem afetando e muito a mídia tradicional, inclusive no Brasil.

Presente atualmente em mais de 190 países, o Brasil é o terceiro maior mercado para a Netflix. Em 2016 o número de assinantes já ultrapassava mais de 6 milhões. Além disso, a empresa também já vale mais do que as emissores Record TV, SBT e Rede TV.

No início desse ano, Erik Barmack, executivo da empresa, em coletiva para a imprensa brasileira, afirmou que nós amamos especialmente ficção científica e fantasia, e vemos as séries que fazem sucesso no mundo todo, como por exemplo “La casa de Papel”, “Dark”, “Stranger Things“, “Orange is The New Black”, “13 Reasons Why“, “3%” e “Narcos“.

Com isso, um estudo realizado pela própria Netflix apontou que os brasileiros vem trocando os canais tradicionais de TV por séries, documentários e filmes em seu serviço. Segundo os dados divulgados, o horário do almoço é um dos nossos favoritos para assistir séries. A pesquisa apontou que, entre todos os assinantes ao redor do mundo que estão conectados nesse horário, a probabilidade de ser brasileiro é 25% maior nessa faixa.

  • 2.7K

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade