Marco Antônio durante treino no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia )

Ele não terminou a temporada passada dentro de campo e está louco para voltar a vestir a camisa do Bahia. Marco Antônio conquistou a torcida tricolor no primeiro semestre de 2018, mas as lesões que sofreu comprometeram seu rendimento e o fizeram perder espaço no time. 

“A torcida sabe que eu sofri um pouco com a lesão no pé, mas agora em 2019 já voltei sem dor e espero dar muitas alegrias para o torcedor”, projetou o meia-atacante, em entrevista ao Programa do Esquadrão. “Vou fazer a pré-temporada e o que tem que ser feito para voltar bem”, prometeu o jogador de 21 anos, que tem contrato com o Bahia até 2020. 

Marco Antônio lesionou o tornozelo esquerdo no final de abril do ano passado, após atuar em 10 jogos (oito como titular) e marcar dois gols. O prata da casa era um dos destaques da equipe comandada pelo então técnico Guto Ferreira, quando se machucou contra o Botafogo-PB em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste. 

O prata da casa teve a sequência interrompida, só voltou a entrar em campo no final de julho e visitou o departamento médico outras vezes na temporada porque a lesão inicial gerou uma sobrecarga no pé e uma pequena fratura no segundo metatarso. Resultado: só jogou outras 11 partidas, totalizando apenas 21 no ano.   

Revigorado


A última vez que Marco Antônio esteve em campo foi no dia 24 de outubro, quando entrou no decorrer da derrota por 1x0 para o Atlhetico Paranaense. “O Marco Antônio estava em condições de jogo no fim da última temporada, estava apto. Infelizmente, a condição física não atendia o que a gente necessitava no fim do ano. Permaneceu nesses 30 dias fazendo cardiorrespiratório”, explicou o coordenador médico do Bahia, Luiz Sapucaia, na última quinta-feira. 

Marco Antônio espera que as idas e vindas ao departamento médico tenham ficado para trás e garante estar com as energias renovadas. Nas férias, buscou as origens e se divertiu na companhia da família em Marituba, sua cidade natal, localizada a 26 km da capital Belém, no Pará. 

“Estar com a família é muito bom. Tivemos dias difíceis e essas férias foram boas para passear um pouco, tirar a mente um pouco do trabalho. Todo mundo conseguiu se divertir, brincar, mas agora já começou, agora é focar nos objetivos e, se Deus quiser, fazer um ano com títulos”.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade