Americanas (Foto: Divulgação)

Às 10h17 desta quinta-feira (10) homens armados invadiram a loja Americanas localizada no primeiro piso do Shopping Bela Vista, em Salvador. Testemunhas ouvidas pelo CORREIO relataram que seis ladrões chegaram a bordo de três motos e pararam em frente ao centro de compras. 

Três deles, segundo as testemunhas, invadiram a loja e renderam pelo menos dez funcionários. "Os funcionários foram trancados em uma parte da loja e os ladrõres levaram o estoque de celulares que tinha", afirmou a testemunha que prefere não se identificar. 

A ação durou cerca de 5 minutos. "Foi tudo muito rápido. Os caras que ficaram do lado de fora esperaram e saíram todos em fuga", destacou a testemunha. 

A Polícia Militar informou, em nota, que a 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) foi informada pelo Cicom que houve um roubo dentro de uma loja de departamento do shopping, por volta das 10h30, e que os bandidos fugiram em duas motos. "As guarnições realizaram diligências na região, mas nenhum suspeito foi localizado", afirmou a PM destacando que dentro do estabelecimento a segurança é feita de forma privada.

O Shopping Bela Vista destacou, em nota enviada ao CORREIO, que foram furtados produtos na seção de aparelhos celulares de uma de suas lojas de departamento. "Em uma ação rápida, sem que os clientes percebessem, os suspeitos saíram da loja com as mercadorias. A segurança do empreendimento foi acionada após a chegada da polícia e está dando todo suporte e colaborando com as investigações", destacou o centro de compras. 

O CORREIO procurou as Americanas mas até o momento da publicação não houve posicionamento sobre o assunto. Apesar do assalto, a loja segue em funcionamento normal.

O caso será investigado pela 11ª Delegacia (Tancredo Neves). 

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade