À esquerda, lateral Arroyo treina ao lado do zagueiro Ramon (Foto: Maurícia da Matta / ECVitória)

O argentino Benítez não participou do treino coletivo comandado pelo técnico Marcelo Chamusca na tarde dessa quinta-feira (10). Com amidalite, o jogador foi poupado da atividade, mas ainda assim a lateral-esquerda foi ocupada por um argentino. Arroyo, 23 anos, foi o escolhido par substituir o compatriota no começo do treinamento.

Não sabe quem é? Arroyo chegou à Toca do Leão na pausa para a Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, para integrar a equipe sub-23 do Vitória. Com ela, fez oito jogos, três deles como titular, e marcou um gol. O único tento anotado com a camisa vermelha e preta foi comemorado em sua estreia e garantiu o triunfo por 2x1 contra o rival Bahia, no dia 28 de julho. 

Com contrato até o final de abril, Arroyo iniciou a temporada 2019 no elenco sub-23. Dois dias após o time principal começar a treinar com bola, o estrangeiro foi chamado para compor uma atividade. Marcelo Chamusca gostou do futebol dele e pediu que o jogador fosse integrado ao grupo. 

Nascido na cidade de Santa Fé, ele foi revelado pelo Colón. O Vitória é o segundo clube brasileiro que o argentino defende. Antes, no primeiro semestre do ano passado, fez 11 jogos pelo Cianorte, sendo 10 como titular. 

Arroyo começou a atividade dessa quinta-feira entre os titulares, mas não foi o único a ocupar a posição. Recuperado de lesão, mas sem jogar desde o dia 24 de abril, Juninho também foi testado pelo treinador rubro-negro. Assim como o de Arroyo, o contrato dele se encerra no dia 30 de abril. 

OUTRA BAIXA

Benítez não foi o único desfalque do treinamento. O atacante Erick também está com amidalite e não participou da atividade. A vaga dele foi ocupada por Yago. Marcelo Chamusca montou o coletivo com Ronaldo, Jeferson, Thales, Ramon e Arroyo (Juninho); Wesley (Rodrigo Andrade), Leandro Vilela (Léo Gomes) e Ruy; Yago, Andrigo e Léo Ceará.

O elenco do Vitória volta a treinar na sexta-feira (11) pela manhã.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade