Goleiro do Bahia também saiu em defesa do técnico Enderson Moreira (Foto: Reprodução )

Mesmo dentro da zona de classificação para a próxima fase da Copa do Nordeste, o técnico Enderson Moreira deve escalar boa parte de seu time principal para enfrentar o Sergipe nessa quarta (13), às 19h30, na Fonte Nova. 

O treinador enfrenta um momento delicado. A pressão da torcida por melhores desempenho e resultados se transformou em vaias e gritos de “queremos treinador!” após a frustração de empatar o segundo clássico do ano contra o Vitória, em casa.

O treino desta terça-feira (12) foi fechado para a imprensa e o que se sabe é que Enderson vai com força total para o jogo. As dúvidas giram entre Flávio e Nilton no meio-campo, além da possibilidade de Ernando tomar a vaga de Jackson, já que este último deixou o Ba-Vi com dores no joelho.

Apoio
Apesar da bronca por parte da torcida, jogadores e direção do clube vê defendendo a permanência do treinador. Logo após o Ba-Vi de domingo, o presidente Guilherme Bellintani bancou a permanência de Enderson alegando que tem confiança no trabalho que já foi realizado pelo técnico. Nesta terça, quem saiu em defesa do comandante, que está à frente do clube há 53 partidas, foi o goleiro Douglas.

“O Enderson é um grande treinador e sua comissão é muito competente. Hoje é contestada pelo torcedor, mas no ano passado pegou o time numa situação difícil e conseguiu organizar, fazendo um time competitivo”, afirmou o camisa 1 em entrevista coletiva.

Douglas ainda avaliou que o desempenho do Bahia dentro de campo não é ruim ao afirmar que, dentro de campo, o time tem feito “coisas boas, coisas muito boas, bons jogos, tem criado, tem feito triunfos importantes”. Apesar disso, o goleiro ponderou que o elenco também esperava estar em uma melhor colocação no Campeonato Baiano e melhores resultados contra o Vitória.

O segredo da paz no Fazendão todo mundo conhece: jogar bem e vencer jogos. Por isso, a hora é de correr atrás.

Papo sério
Antes de iniciar o treino com bola, Enderson reuniu os jogadores na academia e passou um longo período conversando com o elenco do Bahia. Depois da conversa, os jogadores continuaram na sala de musculação, onde fizeram um trabalho físico e após isso é que desceram para o campo.

Até aqui o tricolor fez 17 partidas, acumulando três derrotas, oito empates e oito vitórias. O aproveitamento neste ano é de aproximadamente 51%.

Para o jogo contra o Sergipe, o Bahia terá os desfalques de Élber, que está com um incômodo muscular na coxa, e de Marco Antônio. O meia-atacante está se recuperando fisicamente depois de sofrer uma lesão no pé. Outro que fica de fora é o volante Gregore, com uma contusão no joelho.

Quanto aos reforços, Enderson Moreira volta a contar com os volantes Elton e Yuri e também tem à disposição o atacante Arthur Caike, que se recuperou de uma lesão na coxa e treinou normalmente.

Bahia e Sergipe se enfrentam na Fonte Nova pela 7ª rodada da fase de Grupos do Nordestão. O jogo acontece na Fonte Nova e o apito inicial é programado para 19h30.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade