Posto Toca do Gijo, Linha Verde. (Foto: Reprodução/Google)
Um ex-candidato à vereador de Mata de São João foi preso em flagrante, na manhã desta sexta-feira (12), na cidade de Entre Rios. Silvio Maximiano Vale Belo, 71 anos, que reside na localidade de Imbassai, é acusado de extorquir um dono de um posto de combustíveis na Linha Verde. 

De acordo com informações apuradas pelo Mais Região, Silvio Belo se passava por agente de fiscalização do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídrico) e ameaçava multar o estabelecimento por supostas irregularidades ambientais. 

O proprietário do posto desconfiou de golpe e denunciou à delegacia de Entre Rios. A prisão foi efetuada dentro do estabelecimento pelo delegado da cidade, que constatou a entrega de R$ 5 mil à Silvio Belo, após o dono do posto ter marcado o encontro em seu escritório. 

O Mais Região apurou que Silvio Belo contou com apoio de um comparsa que conhecia o proprietário do posto. Ele seria uma espécie de ponte para que a propina fosse paga ao acusado. 

null

Silvio Belo é apenas conselheiro da APA Litoral Norte, órgão consultivo. O Inema informou que ele não tem nenhuma ligação com a instituição.  

O acusado foi encaminhado para o Complexo de Delegacias de Alagoinhas. Ele foi solto após pagamento de fiança. 

Silvio Belo vai responder pelo crime de extorsão. Se condenado, pode ficar de 4 a 10 anos preso.

Em janeiro deste ano, um site de noticias da Capital denunciou que moradores de Imbassaí reclamavam de chantagem praticada por Belo. Segundo relatos, ele ameaçava cidadãos e trabalhadores da construção civil.

Ex-presidente do PV municipal, Silvio Belo foi candidato à vereador em 2016, obtendo 327 votos. 



Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade