A mudança parece ser baseada na preocupação crescente da contagem de curtidas estar ligada negativamente à saúde mental (Foto: Divulgação)

Será que a guerra por mais curtidas está com os dias contados? De acordo com site Fast Company, sim! Em imagens da tela de seu celular, a pesquisadora Jan Manchun Wong mostrou que o Instagram está estudando modificar as publicações do feed para que as pessoas não consigam ver quantas curtidas uma foto recebeu. Como alternativa, seria mostrado apenas se a foto foi curtida por alguém que você conhece, “e outros”.

“Queremos que os seus seguidores prestem atenção no que você compartilha, não em quantas curtidas a sua publicação recebeu”, o Instagram explica em uma mensagem dentro do aplicativo, falando sobre a modificação. E acrescenta: “Durante este teste, apenas a pessoa que compartilhou a postagem verá o total de curtidas que recebeu”.

Ver imagem no Twitter

Instagram is testing hiding like count from audiences,

as stated in the app: "We want your followers to focus on what you share, not how many likes your posts get"

3.472 pessoas estão falando sobre isso

Segundo o Fast Company, a mudança parece ser baseada na preocupação crescente da contagem de curtidas estar ligada negativamente à saúde mental. Às vezes, a aflição por “likes” pode levar os usuários a situações perigosas. Em 2016, o co-fundador do Instagram, Kevin Systrom, disse ao TechCrunch que o Instagram Stories foi desenvolvido para os usuários escaparem do estresse pelo número de curtidas. Ao site, a companhia também disse recentemente que o ajuste na contagem de “likes” é um teste interno e ainda não está aberto ao público.

Em uma nota, um representante do Instagram afirmou que a atualização não está sendo testada “no momento”, mas que “explorar modos de reduzir a pressão no Instagram, é algo que nós sempre estamos pensando”.

Os testes no Instagram acontecem um mês após o Twitter indicar que uma modificação no design da rede social é uma possibilidade no futuro. Nesta atualização, seria mais difícil ver o número de retuítes de uma mensagem. De acordo com o fundador do Twitter, Jack Dorsey, esta é uma tentativa de diminuir a “mentalidade de rebanho”, na busca da plataforma para se tornar menos “abusiva”.

 E aí, o que você acha destas modificações? Será que vão ser implementadas, mesmo?

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade