O Tinder Lite ocupa menos espaço de armazenamento (Foto: Ilustrativa )

Tinder deve ser o próximo aplicativo móvel a ter uma versão "Lite", ou seja, mais leve, econômica e fácil de usar. A informação veio de uma conferência para desenvolvedores feita pelo Match Group, a empresa dona do serviço de paquera.

A notícia é especialmente boa para quem não quer abrir mão de checar os possíveis interesses amorosos nas redondezas, mas tem medo de gastar muito do plano de dados móveis, é dono de um celular bastante básico ou então não está com o sinal de 3G ou 4G muito forte e estável no momento.

A CEO do Match Group, Mandy Ginsberg, comentou que a ideia é fornecer o Tinder até mesmo para áreas em que dados para dispositivos móveis "vêm a um preço premium", como o sudeste da Ásia. Essa estratégia não é apenas um ato de bondade da empresa: isso pode significar que ela já atingiu o máximo da base de usuários atuais e precisa encontrar novos mercados para que os números não parem de crescer.

Xaveco limitado?

O Tinder Lite ocupa menos espaço de armazenamento e isso pode significar a restrição ou até eliminação de algumas funções, mas nada a respeito foi revelado na conferência. De acordo com o TechCrunch, sobre uma data de lançamento, tudo o que a executiva afirmou é que o app chegará "em breve".

Versões de aplicativos que consomem menos dados já são moda antiga em dispositivos móveis: a Google nomeia os seus serviços mais simples com a terminação "Go", enquanto o Facebook Lite é um sucesso de downloads.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade