Vítima de 26 anos teve sua identidade reservada (Foto: Ilustrativa)

Socos, empurrões, além de agressões verbais e físicas marcaram a madrugada de uma mulher que teve seus direitos violados em Mata de São João. De acordo com o boletim de ocorrência registrado na 36ª Delegacia Territorial, por volta das 5h, deste domingo (16), a vítima de 26 anos foi agredida e estuprada num matagal próximo a Estação da Alegria, centro da cidade.

A vitima relata na ocorrência que estava com algumas amigas em um bar, quando o agressor chegou e se aproximou dela, então começaram a conversar, ainda no estabelecimento com as amigas. Em seguida, ele chamou a vítima para conversar em um local mais distante, ao lado do bar.

Nesse momento, a vitima relata que o acusado puxou ela para um local mais afastado, então a jovem começou a gritar por socorro e para tentar calar sua voz, a vítima foi agredida pelo seu algoz, com vários socos no rosto. Na tentativa de fugir, a jovem foi jogada num matagal e sem o seu consentimento, o agressor teve relação sexual com a vítima.

Alguns minutos depois, a polícia foi acionada, e a jovem foi encontrada no local, chorando, com marcas e hematomas no rosto e com a roupa suja, juntamente com o acusado.

A vítima deve realizar exames de corpo de delito. O acusado foi encaminhado para 36ª DT/Mata de São João, onde permanece preso na unidade.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade