Vanderson foi morto com requintes de crueldade. (Foto: Reprodução/Leitor )
Vingança. Essa seria a motivação da morte com requintes de crueldade que ocorreu no Entroncamento de Dias d'Ávila, na noite deste sábado (6). Vanderson Neris dos Santos, 27 anos, teria sido executado por um homem que teve a mãe de 52 anos assassinada na última quinta-feira (4), na Concórdia

De acordo com informações apuradas pelo Mais Região, Vanderson é um dos autores da morte de Amara Morais dos Santos. A cozinheira estava a caminho do trabalho quando foi alvejada por disparos de arma de fogo por dois homens que estavam numa motocicleta.

Testemunhas contaram à polícia que o filho de Amara, de prenome Edailson, teria invadido a casa de Vanderson e cometido o crime. Ele teria amarrado o corpo da vítima numa corda e arrastado até próximo uma boca de 'fumo'. 

O corpo de Vanderson foi encontrado por populares, na manhã deste domingo (7), sem roupas, com as pernas e pescoço amarrados e com diversos cortes de facão por todo corpo e no rosto. Ele tem passagem pela polícia acusado de homicídio. 

Uma investigação da polícia aponta que Vanderson resolveu assassinar Amara por conta de um tapa que ela teria dado no rosto dele após uma discussão num bar. 

null
Amara Morais dos Santos estava a caminho do trabalho quando foi morta. (Foto: Reprodução)

O caso está sendo investigado na 25ª Delegacia Territorial de Dias d’Ávila.




Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade