Gilberto marcou cinco gols nas duas últimas rodadas do Brasileirão (Foto: Reprodução )

O jejum incomodou Gilberto e a torcida do Bahia, mas o atacante tricolor voltou à boa fase. E bote boa nisso. Contra o Palmeiras, domingo (11), no Allianz Parque, foram do camisa 9 os dois gols que garantiram o empate tricolor por 2x2 fora de casa, em São Paulo.

O bom desempenho rendeu frutos para Gilberto e, claro, o Bahia. Com cinco gols nos últimos dois jogos - ele marcou os três no triunfo por 3x0 sobre o Flamengo, na Fonte Nova -, o jogador chegou aos sete no Brasileirão e assumiu a vice-artilharia do campeonato, junto com Thiago Galhardo (Ceará), Eduardo Sasha (Santos) e Everaldo (Chapecoense). Eles perdem apenas para Gabigol, do Flamengo, que soma nove gols na competição.

Por falar no atacante do Flamengo, os dois também disputam ponta a ponta a artilharia do Brasil no ano. Agora, Gilberto tem os mesmos 22 gols de Gabigol e está empatado com o rubro-negro entre os mais goleadores do país em 2019. O jogador do Flamengo precisou de 33 partidas. O do Bahia, 37.

“Isso é normal, eu continuo do mesmo jeito, trabalhando firme. Nos momentos difíceis a gente trabalha forte porque no futebol tudo muda de um dia para o outro. Se a gente não fizer as coisas corretamente fica difícil”, explicou Gilberto.

Só três vítimas

Os gols dele na Série A possuem uma característica curiosa: foram marcados em apenas três adversários. Só as defesas de Fluminense (duas vezes), Flamengo (três) e Palmeiras (duas) sentiram o poder letal do atacante.

Além da artilharia no Brasileiro e na temporada, “Golberto” é também o principal marcador entre os atacantes do elenco.

Com uma média de 0,59 gol por partida, Gilberto tem mais que o dobro de gols que Fernandão, vice-artilheiro do time com dez tentos anotados, e quase quatro vezes mais do que Artur, terceiro colocado com seis gols.

Para se ter uma ideia, Gilberto é responsável por 31,4% dos 70 gols que o Bahia marcou em 2019. O próximo desafio do atacante será no domingo (18), às 16h, contra o Goiás, na Fonte Nova.

Entre os últimos artilheiros do Bahia durante toda a temporada, Gilberto já superou Hernane, que em 2017 fez 21 gols em 46 jogos. Faltam sete para alcançar Kieza, autor de 29 gols em 50 jogos em 2015.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade