O comandante da Polícia Municipal, George Chimada, participou na manhã desta terça-feira (10) do programa É do Povo (Foto: Divulgação/Sauipe FM)

O comandante da Polícia Municipal, George Chimada, participou na manhã desta terça-feira (10) do programa É do Povo, transmitido pela Rádio Sauipe FM. Na oportunidade, George falou sobre a nova estrutura do órgão fiscalizador, além de destacar o Plano de Carreira, recentemente aprovado pela Câmara Municipal. Durante a participação, Chimada também ressaltou algumas ações realizadas na cidade.

No início da entrevista, Chimada falou do construção do Plano de Carreira. “Hoje a guarda municipal de Mata de São João dispõe de um Plano de Progressão de Carreira. O guarda sabe exatamente sobre os vencimentos daqui há 5, 10, 15 anos de serviço, claro que existe pré-requisitos para subir de nível. Foi um avanço tão grande na vida dos guardas municipais, que nem Salvador tem um Plano de Carreira. Estou falando de Salvador como referência na Bahia. Basicamente o salário dobrou”, comemora.

Sobre o papel da guarda, Chimada destacou os trabalhos voltados para fiscalização de patrimônio público. “São inúmeras funções , mas o papel mais importante é cuidar do patrimônio público (ruas, logradouros e praças). A Polícia Municipal com as atribuições da policia administrativa, ela também fiscaliza toda parte de infrações administrativa, como por exemplo a poluição sonora, comércio informal, atuamos também muito forte com as cobranças e infrações que são emitidas pela prefeitura”, comenta.

Porte de arma – Questionado sobre o projeto que permite a guarda municipal portar armas de fogo durante o horário de trabalho, Chimada esclareceu que a guarda em Mata já foi qualificada, mas que  a decisão cabe ao gestor do município. “O armamento não letal já é permitido, bem como o armento letal. Existe uma liminar que permite que as guardas municipais podem estar armada para desenvolver suas funções. Nossa guarda já estar qualificada para tal, mas depende do gestor”, explica. 

Guarda Mirim – Ao final da entrevista, George falou sobre o projeto que visa resgatar os valores morais e conscientizar estudantes da rede pública sobre a importância da ética, da disciplina e do respeito ao próximo. “É um momento muito importante, onde estamos instituindo efetivamente a Guarda Mirim. Vamos começar com 55 alunos, de duas turmas do 5º ano da Escola Municipal Elias José, do Caboré. Eles serão multiplicadores dos valores aprendidos em sala de aula, Através de visitas de campo levaremos os alunos para conhecer o nosso município”, explica.


Confira a entrevista na íntegra: 



Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade