Kaiuska Kelli Santos Martins, 16 anos, está entre as 22 atletas aprovada na peneira para equipe feminina do Vitória Sub-16 (Foto: Keila Abreu/ Mais Região)

Filha de Mata de São João, Kaiuska Kelli Santos Martins, 16 anos, está entre as 22 atletas aprovada na peneira para equipe feminina do Vitória Sub-16. A jovem que desde pequena sonha em driblar a bola com os pés e fazer gols, agora enfrenta o dilema que muitos jogares encaram: a falta de patrocínio. A próxima disputa é o Campeonato Brasileiro Sub-16 em Minas Gerais.  

Aos seis anos, Kaiuska, apelidada carinhosamente como Formiga, pelas colegas de time, conheceu a paixão pelo futebol. A única mulher de quatro irmãos, aprendeu a jogar bola muito cedo e se apaixonou pelas embaixadinhas e principalmente pelo controle do jogo majoritariamente masculino.


null Aos seis anos, Kaiuska, apelidada carinhosamente como Formiga, pelas colegas de time, conheceu a paixão pelo futebol 


“Comecei a jogar com meus irmãos, brincando com a bola e descobrir uma paixão. Hoje luto por isso, e sou muito grata por tudo que já conquistei e continuarei persistindo em meu sonho, de me tornar uma jogadora profissional”, ressalta a matense.

Formiga se destacou entre os irmãos e conquistou seu espaço no esporte em Mata. Iniciou a carreira na equipe feminina do Diamantino Esporte Clube, time que leva o nome do bairro onde cresceu. “Joguei no Diamantino e o treinador Everaldo percebeu que tenho força de vontade e me levou para participar da peneira do Vitória Sub-16. Das 73 jogadoras, eu fiquei entre as 22 aprovadas no teste. Agora estamos treinando para o Campeonato Brasileiro Sub-16 em MG”, destaca.

Agora, Kaiuska vai jogar na posição de meio-campista, do Vitória Sub-16 e nessa nova etapa precisa de incentivos financeiros para permanecer em busca de seu sonho, que é jogar profissionalmente. 

Interessados em contribuir com despesas, custeio de transporte para o treinamento em Salvador e materiais esportivos devem entrar em contato através do (71) 99657-1278 ou 99612-5308.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade